• Carolina Rocha

Registros valiosos da nossa história

Atualizado: Jul 22


Bastidores de uma fotografia: fotógrafo Carlos Macedo, de costas, com a câmera posicionada próxima ao rosto, registra as três sócias da Palavra Bordada, Maribel Lindenau, Carolina Rocha e Camila Provenzi, em um contexto de trabalho. Camila está sentada à frente do computador, que está apoiado sobre uma mesa na qual também aparecem livros elaborados pela Palavra Bordada, marcadores de páginas, canetas, caderno, tablet e um vaso de flores decorativo. Maribel e Carolina estão em pé, do lado esquerdo de quem vê a foto, comentando o que está sendo apresentado na tela do computador.

Tem coisa mais agradável do que se sentar ao redor de uma mesa e abrir velhos álbuns de fotos? Nessas imagens encontramos não só os nossos rostos mais jovens, mas as marcas de uma época, de costumes, de modismos, e podemos observar como a tecnologia evoluiu.


Quando preparamos um livro de memórias, sobre a história de uma empresa ou, ainda, um relatório de gestão, contamos com o acervo de fotografias que o cliente disponibiliza. Também ampliamos essa busca com todos os registros que conseguimos localizar em bancos de imagem públicos, nos álbuns dos familiares, dos colaboradores ou nos materiais elaborados pela imprensa.



A importância do acervo


Ter um acervo que sirva aos mais diversos propósitos e possa ser utilizado por longos períodos é muito valioso, ainda mais em um tempo em que a imagem impera nas redes sociais como Instagram, Facebook e LinkedIn. Assim, renovar periodicamente esse banco é extremamente saudável e colabora para eternizar não só as nossas mudanças na aparência, mas principalmente a evolução da vida e dos negócios.


Em 2020, a Palavra Bordada completa cinco anos. Momento ideal para mostrar como estamos hoje, para que, no futuro, tenhamos um registro de qualidade da fase que vivemos. Essas mesmas imagens serão utilizadas na divulgação da empresa à imprensa, missão incumbida à Anelise Zanoni, da Way Content, e também nos nossos perfis nas diversas redes, na divulgação de palestras, no site, enfim, em diversos materiais institucionais.



Uma equipe qualificada


Para a sessão de fotos, contamos com a consultoria de estilo da Mônica Deitos, que não se preocupou apenas em nos vestir, mas em transmitir, pelas roupas, a personalidade e o profissionalismo de cada uma. Além da Mônica, tivemos o olhar criativo e perspicaz do fotógrafo Carlos Macedo que esteve atento a cada detalhe do cenário e nos orientou constantemente sobre poses e posturas. Também contamos com a preparação de nossos cabelos e maquiagem, feitos com muito carinho por Aliane Costa e Lu Verch no Alex Bittencourt Hair Salon.


Fora a participação dos nossos amados e prestativos Luiz Augusto da Silva e Paola Lindenau, que fizeram não só a produção do espaço, mas também os registros dos bastidores desta divertida sessão.



Uma outra curiosidade: todos os profissionais envolvidos nessa sessão têm seus negócios sediados em Canoas, no RS, cidade que desde o ano passado acolheu a Palavra Bordada.


Então, a dica é: faça fotos de qualidade, com uma equipe preparada, na qual cada profissional esteja atento para que todos se sintam bem representados. O resultado é sempre frutífero. Com certeza, o material para o livro com a nossa história já tem um acervo de qualidade e que reflete o “jeito Palavra Bordada de ser e trabalhar”.


Palavra Bordada - 2020

Fotos: Carlos Macedo

Assessoria de comunicação: Anelise Zanoni, Way Content

Produção de estilo: Mônica Deitos

Beleza: equipe Alex Bittencourt Hair Salon

Locação: Morada Bignetti Rocha


Sete pessoas reunidas, olhando para a foto, em duas fileiras: atrás, em pé, estão Paola Lindenau, Luiz Augusto da Silva e o fotógrafo Carlos Macedo. À frente, estão a sócia da Palavra Bordada, Camila Provenzi, a consultora Mônica Deitos, e as outras duas sócias da Palavra Bordada, Carolina Rocha e Maribel Lindenau.